Bibliografia – X Jornadas

Bibliografia

Imagem: Instagram @dustyatticrarebooks
Imagem: Instagram @dustyatticrarebooks

Eixo 1 – Declinações clínicas do ato

Brodsky, G. “Short Story: os princípios do ato analítico”. Rio de Janeiro: Contracapa, 2004. Capítulos 1 e 2.

Lacan, J. “Da rede dos significantes”. In: O Seminário, livro 11: os quatro conceitos fundamentais da psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar, 1985, p.45-54.

Lacan, J. (1968-1969). “Paradoxos do ato psicanalítico”. In: O Seminário, livro 16: de um Outro ao outro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008, p. 329-342.

Lacan, J. (2005 [1962-1963]). “Passagem ao ato e acting out”. In: O Seminário, livro 10: a angústia. Rio de Janeiro: Zahar, p.128-145.

Laurent, É. (2007). “Princípios diretores do ato psicanalítico”. In: A sociedade do sintoma: a psicanálise, hoje. Rio de Janeiro: Contra Capa, p.215-220.

Miller, J-A. “Jacques Lacan: Observações sobre seu conceito de passagem ao ato”. Opção Lacaniana Online, n. 13, ano 5, março de 2014.


Eixo 2 – Ato analítico e tempo

Lacan, J. (1945). “O tempo lógico e a asserção de certeza antecipada”. In: Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1998, p. 197-213.

Lacan, J. “Função e campo da fala e da linguagem em psicanálise” (1953). In: Escritos. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

Mandil, R. “Tempo e ato analítico”. In: Ornicar? Digital, nº 157. Disponível em: https://goo.gl/0VrTQ2

Miller, J-A. “Los usos del lapso” (1999-2000). Buenos Aires: Paidós, 2004.

Miller, J-A. “A erótica do tempo”. Escola Brasileira de Psicanálise: Rio de Janeiro, 2000.

Norges, J. L. Cinco visões pessoais. Brasília, Editora Universidade de Brasília, 1985. Capítulo O tempo, pp. 41 – 49.


Eixo 3 – Ato analítico e civilização

Freud, S. (1930). “O Mal Estar na Civilização”. Obras Completas. Vol. XXI. Rio de Janeiro: Imago ed, 2020.

Lacan, J. (1970). “Radiofonia”. In: Outros Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2003.

Lacan, J. “A terceira”. Opção LacanianaRevista Brasileira Internacional de Psicanálise. N. 62. Edições Eolia, 2011, p. 18.

LACAN, J. “Televisão”. In: Outros Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2003, p. 508-543.

Miller, J-A. (2005). “Uma fantasia”. In: Opção Lacaniana, nº 42, fevereiro de 2005, p. 7-18.

Miller, J-A. (2000). “El banquete de los analistas”. Buenos Aires: Paidós, 2010.


Eixo 4 – Ato analítico e política do sintoma

Lacan, J. (1975). “Conferência de Genebra sobre o sintoma”. Opção Lacaniana. São Paulo, n. 23; 1998, p. 6-16.

Laurent, É. “O avesso da biopolítica. Uma escrita para o gozo”. Rio de Janeiro: Contra Capa Ed., 2006. Capítulos: “O que faz sintoma para um corpo” (p. 43-64) e “O gozo do corpo sustenta o sintoma” (p. 65-80).

Laurent, É. “O que está em jogo na época do Sinthoma”. Revista Correio, nº 83. São Paulo: Escola Brasileira de Psicanálise, abril de 2020.

Miller, J-A. “Intuições milanesas – I e II. In: Opção Lacaniana online. Ano 2. Número 5. Julho de 2011.

Miller, J-A. (2011). “Ler um sintoma”. Opção Lacaniana. São Paulo, n. 70; 2015, p. 13-22.

Miller, J-A. “Seminário sobre os caminhos da formação dos sintomas”. Opção LacanianaRevista Brasileira Internacional de Psicanálise, nº 60, setembro de 2011.


Eixo 5 – A passagem de psicanalisante a psicanalista

Lacan, J. (1964). “Ato de Fundação”. In: Outros Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2003.

Lacan, J. (1968) “Proposição de 9 de outubro de 1967 sobre o psicanalista da Escola”. In Outros Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed, 2003.

Lacan, J. “Discurso na Escola Freudiana de Paris” (1970). In Outros Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, Ed. 2003

Lacan, J. “Nota Italiana”. In Outros Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, Ed. 2003.

Laurent, E. Política do passe e a identificação dessegregativa”. In: Opção Lacaniana, nº 82, p 47.

Miller, J-A. (2018). “Como alguém se torna psicanalista na orla do século XXI”. In: Aposta no passe. Rio de Janeiro: Contra Capa, p.81.