Sobre a EBP SP

A EBP-São Paulo é uma das sete Seções da ESCOLA BRASILEIRA DE PSICANÁLISE (EBP), filiada à Associação Mundial de Psicanálise (AMP), que congrega várias Escolas pelo mundo. Fundada em 1995, a EBP faz parte da rede da Fundação do Campo Freudiano.

A Escola tem por objetivo estudar, difundir e desenvolver a teoria e a prática da psicanálise a partir do ensino de Lacan e da transferência com Freud, enfatizando a formação permanente de seus membros e propiciando o debate constante sobre os impasses dos tempos atuais.

Jacques Lacan fundou em 21 de junho de 1964 a Escola Freudiana de Paris tomando como base sua própria relação à causa analítica. A Escola proposta por Lacan é formada por um conjunto de psicanalistas que se reúnem em torno do ensino e da transmissão da psicanálise lacaniana, compartilhando os referentes teóricos, o cuidado pela formação do analista, o estilo na prática da psicanálise e a doutrina do final de análise. Todos se referem à Orientação Lacaniana, fornecida pela leitura e transmissão do ensino de Lacan por Jacques-Alain Miller.

Dentre as atividades da Seção São Paulo abertas ao público estão Seminários oferecidos por membros, atividades da Diretoria, além da Orientação Lacaniana e o Ensino do Passe.

Contamos com pequenos grupos de trabalhos, denominados de cartéis, que servem de porta de entrada na Escola. Anualmente promovemos uma Jornada de Cartéis.

Mantemos uma Biblioteca especializada em psicanálise e campos afins integrada à Federação Internacional de Bibliotecas de Orientação Lacaniana do Campo Freudiano (FIBOL), também contamos com a publicação de uma Revista da Seção São Paulo, a Carta de São Paulo.

Todos os anos nos reunimos em torno das Jornadas da Seção São Paulo, que aposta na causa analítica e na transferência de trabalho, com temas conectados à atualidade do sintoma de nossa época e à política da psicanálise.

Aqui vocês encontrarão todas as informações sobre o funcionamento, as atividades, seus membros, textos, bibliografias, biblioteca, cartéis, etc.

A EBP-SP se organiza em duas instâncias: Diretoria e Conselho Deliberativo.


Diretoria:

  • Diretora geral: Alessandra Sartorello Pecego
  • Diretora de Secretaria e Tesouraria: Daniela de Camargo Barros Affonso
  • Diretor de Cartéis e Intercâmbios: Gustavo Oliveira Menezes
  • Diretora de Biblioteca: Fabiola Ramon

Conselho Deliberativo:

  • Lucila Maiorino Darrigo (Presidente)
  • Maria Helena Barbosa (Secretária)
  • Eliane Costa Dias
  • Fernando Del Guerra Prota
  • Maria do Carmo Dias Batista
  • Teresinha Natal Meirelles do Prado

Conselho Fiscal:

  • Maria de Lourdes Mattos
  • Patrícia Ferranti Bichara
  • Niraldo de Oliveira Santos

Comissão de Divulgação e Mídias:
Daniela de Camargo Barros Affonso (coordenadora), Camila Colás Sabino de Freitas e José Wilson Ramos Braga Junior
Secretário: Anselmo Nunes