Tel.:(21) 2539-0960   |   CONTATO
  |    |  

 Referências bibliográficas 

ALBERTI, C. A identificação e o exílio. Latusa, n°25, Rio de Janeiro, 2020 (No prelo).

BALTAR, Luiz. Série Fluxos. Disponível em <https://luizbaltar.com.br/ensaios/fluxos/>.

BASSOLS, M. Coronavírus: A lei da natureza e o real sem lei. Correio Express, São Paulo, 2020. Disponível em <https://www.ebp.org.br/correio_express/2020/03/26/a-lei-da-natureza-e-o-real-sem-lei/>.

_________. O que podemos encontrar no final do túnel?. Zadig Espana, Barcelona, 2020. Disponível em <https://zadigespana.com/2020/04/05/coronavirus-que-nos-podemos-encontrar-al-final-del-tunel/>.

FREUD, S. (1919). O Infamiliar / Das Unheimliche. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2019.

 _________. (1921). Psicologia das massas  e análise do ego.  In:  FREUD, S. Edição standard  brasileira  das obras psicológicas completas de Sigmund Freud.  v. 18. Rio de Janeiro:  Imago, 1990, p. 89-179.

__________. (1930). O mal-estar na civilização. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, vol. 21. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

_________. (1939[1934-1938]). Moisés e o monoteísmo. In: Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1990. v. 23, p. 11-161. Edição Standard Brasileira.

Human flow. Direção: Ai Weiwei. PARIS FILMES, 2017.

JIMENEZ, Stella. Texto Núcleo Topologia. Arquivos da Biblioteca, n°16, Rio de Janeiro, 2020 (No prelo).

LACAN, J. (1945). O tempo lógico e a asserção da certeza antecipada: um novo sofisma. In: Escritos (V. Ribeiro, trad., pp. 197-213). Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

________.(1972-1973). O seminário, livro 20: mais, ainda. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor.

________. (1975). Joyce, o Sinthoma. In: Outros Escritos — Texto estabelecido por Jacques-Alain Miller. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003, pp. 560-566.

________. O seminário, livro 23: O sinthoma (1975-1976). Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor.

MBEMBE, A. O fardo da raça. n-1 edições, série Pandemia, 2019.

MILLER, J-A. Perspectivas do Seminário 23 de Lacan. O Sinthoma, Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 2009.

________. Extimidad. Buenos Aires: Paidós, 2010.

________. Perspectivas dos Escritos e Outros Escritos de Lacan – Entre desejo e gozo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2011.

Outras Bibliografias:

AGAMBEN, G. (2001). Política del exilio, Revista de Estudios Sociales, 08, 2018. Disponível em <http://journals.openedition.org/revestudsoc/28901>.

ALMEIDA, Silvio. Racismo estrutural — São Paulo: Sueli Carneiro; Pólen, 2019.

BEMFICA, A. G; COSTA, D. M. Psicanálise e migração: do exílio ao despertar.

Latusa, n° 24 (agosto 2019) Rio de Janeiro, 2019, p. 51-56.

DIDI-HUBERMAN, G; NIKI, G. Passer, quoi qu’il en coûte. Les Éditions de Minuit, 2017. Disponível em <http://www.leseditionsdeminuit.fr/livre-Passer,_quoi_qu_il_en_co%C3%BBte-3243-1-1-0-1.html>.

Exils adolescents. Direção: Antoine Dubos. Les Films du Balibari, França, 2017.

GONÇALVES, A. M. Um defeito de cor. Editora Record, Rio de Janeiro, 2009.

GONZALEZ, L. Racismo e sexismo na cultura brasileira. In: Revista Ciências Sociais Hoje, Anpocs, 1984, p. 223-244.

LACAN, J. (1998). Subversão do sujeito e dialética do desejo no inconsciente freudiano. In: Escritos. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor.

MANDIL, R. James Joyce e a “Ideia de si como corpo”. IN: XI Congresso Internacional da ABRALIC: Tessituras, Interações, Convergências., 9, 2018, São Paulo. Anais Online.

MBEMBE, A. Necropolítica. n-1 edições, 2018.

Um encontro com Lacan. Direção: Gerard Miller. France Televisions, França, 2012. YouTube. Disponível em <https://youtu.be/S-QtbFaZjmw>