Rumo ao XXIII Encontro Brasileiro do Campo Freudiano – O feminino Infamiliar – EBP