Amor e sexualidade

Amor e sexualidade

Responsável: Margareth Ferraz

Quantas versões podemos abordar a partir do tema “Amor e sexualidade”!

Amor de transferência: “fictício, mas do mesmo estofo que o verdadeiro” (J.-A. M).

O amor na contemporaneidade: amor, ódio e segregação.

O amor nas psicoses: a forma erotômana de amar.

No ano da pandemia, as discussões do seminário sobre “O enigma do feminino” conduziram ao Amor: o amor feminiza.

Tema universal, será abordado neste seminário a partir dos conceitos de sinthome, real…, na escuta pela psicanálise da singularidade de cada um e da cultura.

Das enigmáticas frases de Lacan, “O amor é sempre recíproco”, “Amar é dar o que não se tem”…, abriremos outra perspectiva na trilha de Freud e Lacan: as contingências do amor como suplência, o amor digno, aquele da invenção, vislumbrado ao final do túnel de um processo analítico, considerando sempre que o amor não cessa de não se inscrever, ou do “caráter indomável do amor e do desejo”, segundo expressão de Éric Laurent em “A psicanálise e a escolha das mulheres”.

Datas:

  • Março 05 e 19
  • Abril 09 e 23
  • Maio 07 e 21
  • Junho 04 e 18

Horário: 10:00 às 11:30

Local: Online/ Zoom

Para maiores informações e inscrição, entrar em contato com Margareth Ferraz pelo e-mail: [email protected]  ou pelo telefone: +55 31 9 8442 8424 (WhatsApp).

X