Fale Conosco: (48)3222-2962

Agenda

«
»
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
fevereiro
fevereiro
fevereiro
fevereiro
fevereiro
1
2
3
4
5
6
7
8
  • Abertura das atividades 2019
    19:30 -21:30
    08-03-2019

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    Caros Colegas,

    É com grande alegria que a Diretoria da EBP – Seção Santa Catarina os convida para a atividade que abrirá os nossos trabalhos de 2019. Será mais um encontro da série “O Ensino dos AMEs” e, desta vez, contará com a presença de Iordan Gurgel, AME, membro da EBP/AMP. Iordan virá da Seção Bahia para nos falar sobre um tema que perpassa a clínica e a política da psicanálise de Orientação Lacaniana, cujo título é “Você não pode me curar!” – pontuações sobre ódio e transferência.

    Vagas limitadas. Favor confirmar por e-mail.

    Esperamos por vocês!

    Eneida Medeiros Santos

    Diretora Geral EBP-Seção SC

9
10
11
  • Núcleo de Pesquisa sobre Psicose 
    20:30 -22:00
    11-03-2019

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    Núcleo de Pesquisa sobre Psicose 

    Início: 11/3/2019

    Dias e horários: segundas e quartas 2ªfeiras do mês, às 20h30

    Coordenação: Adriana Rodrigues, Carolina M. Scofield (coord.) e Maria Teresa Wendhausen

    *Todos os Núcleos tem um valor de mensalidade de R$ 60,00

    *Para participação nos Núcleos os interessados deverão entrar em contato com o coordenador.

12
13
14
  • Núcleo de Psicanálise e Cultura  
    20:30 -22:00
    14-03-2019

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    Incidências da internet na clínica e na cultura contemporânea foi o tema escolhido para nossa pesquisa neste ano de 2019. Para tanto, o eixo principal de trabalho e articulação das discussões será o autismo do gozo e adição à internet.

    Não é novidade que a internet tem tido uma presença marcante em todas as dimensões de nossas vidas. Nosso modo de acesso ao saber, que sempre teve que passar pelo Outro da tradição, geralmente encarnado nos pais ou nos adultos, se encontra agora ao acesso de um clique. Como disse Jacques-Alain Miller no texto “em direção à adolescência” ao falar do mundo virtual “o saber está no bolso, não é mais um objeto do Outro”. Há assim, uma auto-erótica do saber que transforma radicalmente a relação com o Outro.

    São inumeráveis as incidências clínicas relacionadas à internet. Afinal, elas decorrem da profunda mutação que essa ferramenta tecnológica têm produzido na subjetividade de nossa época. Nosso intuito será o de pensar a questão de gozo e adição a partir das questões culturais e, sobretudo, clínicas em relação aos modos de se relacionar com jogos, aplicativos, sites de relacionamento e etc e seus efeitos sintomáticos.


    Núcleo de Psicanálise e Cultura  

    Início: 14/3/2019

    Dias e horários: segundas e quartas 5ªfeiras do mês, às 20h30

    Coordenação: Adriano Aguiar, Juliana Rego Silva (coord.), Louise Lhullier e Sandra da Silveira

    *Todos os Núcleos tem um valor de mensalidade de R$ 60,00

    *Para participação nos Núcleos os interessados deverão entrar em contato com o coordenador.

15
16
17
18
19
  • Núcleo de Investigação Psicanalítica em Toxicomania e Alcoolismo – NIPTA
    20:30 -22:00
    19-03-2019

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    ADIÇÕES: UMA VIAGEM su REAL
     As adições como pensa Miller é  um fazer repetitivo sobre o qual nada se pode dizer. É  mais da ordem da pura repetição do mesmo, da iteração do Um do gozo, da repetição de S1. Neste domínio os significantes não têm nenhuma relação entre si, um não se articula com o outro. Mas é  causa de um gozo que se reitera.
    Esta é  uma perspectiva para se tomar os fenômenos  das adições. Não apenas as adições indicam um modo de estar no mundo, um modo de gozar do outro, de si e dos objetos, mas também  indicam novos modos de enlaçamento dos falasseres com com o Outro.
    A escolha da obra L’addition de Miró para ser a imagem do NIPTA neste ano aponta para esta direção.  Uma obra surrealista, deste movimento que teve influências da psicanálise,  da obra de Freud. O surrealismo enfatiza o papel do inconsciente na atividade criativa. Mas L’addition, nos mostra outra coisa: ” não  restitui a imagem que aparece no sonho (que é  o propósito surrealista), mas oferece a matéria  e espaço mesmo do sonho: um espaço  incerto, flutuante, em que as manchas (da pintura) brincam com os resíduos  de imagens ou das figuras”. (Referência do Site do Museu Georges Pompidou)
    Uma interpretação da psicanálise é que nas adições, assim como retratado no quadro do artista, o objeto sobrepassa as relações, torna-se imerso. O que prepondera a uma ordem pré-estabelecida.
    Miller denomina esta relação do falasser e objeto como o paradigma dos laços  de nossa época.
    O que pode a psicanálise à partir dessa perspectiva?
    Convidamos vocês  a participarem de nossos encontros que serão orientados por esta direção.
    INÍCIO
    19/03/2019
    Às 20h30
    Encontros quinzenais
    Fernanda Turbat
    Leonardo Scofield
20
21
  • CONVITE A PARTICIPAR DO ATELIÊ DE CONSTRUÇÃO DE CASO CLÍNICO
    16:00 -17:30
    21-03-2019

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    INÍCIO 21/03/2019

    “O que os analistas fazem quando fazem análise?” Lacan inicia seu Seminário 1: os escritos técnicos de Freud (1953-54), colocando-nos esta questão. O retorno à Freud parte da extração do que constitui a clínica analítica. E Lacan inicia uma resposta-  “o progresso de Freud, sua descoberta, está na maneira de tomar um caso na sua singularidade. Trata-se a cada vez, para Freud, da apreensão de um caso singular”. Direcionado pelos casos clínicos freudianos, Lacan diz que fica claro que a clínica analítica é uma prática onde alguém pode reconstituir a sua própria história. O acento está na construção.

    Estar na posição de analista é acompanhar alguém a reescrever a própria história e constituir um saber sobre si. Mas também, evoca a construção de um saber próprio do analista, que encontra-se implicado na experiênciaEste saber, compartilhado com outros, é um dos elementos que constitui a psicanálise. A construção de caso clínico, sua elaboração, publicação e transmissão são formas do analista colocar em questão a sua prática e o seu saber, e fazer ressoar a outros o que pode surgir do encontro com um analista. Isto toca a dimensão clínica, mas também o ensino e transmissão da psicanálise.

    Convidamos a participar do ateliê de construção de caso clínico os praticantes iniciantes, que trabalham em seus consultórios particulares ou em instituição e que desejam problematizar a clínica e dividir com os demais as questões mais cruciais que ela suscita. Aqueles mais experimentados na clínica, também são bem-vindos, a compartilhar suasexperiências e acolher os outros participantes em sua escuta. Este ateliê além de permitir um espaço de troca é uma atividade prática, um espaço comum, onde se possibilita a construção de caso e da clínica de cada um.

     

    Atividade quinzenal

    Às quintas-feiras

    16h-17h30

    Informações

    Fernanda Turbat

    fernandaturbat@gmail.com

  • Ateliê de Leitura de O Seminário, Livre 18 – de um discurso que não fosse semblante
    18:30 -20:00
    21-03-2019

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

22
23
24
25
  • Núcleo de Pesquisa sobre Psicose 
    20:30 -22:00
    25-03-2019

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    Núcleo de Pesquisa sobre Psicose 

    Início: 11/3/2019

    Dias e horários: segundas e quartas 2ªfeiras do mês, às 20h30

    Coordenação: Adriana Rodrigues, Carolina M. Scofield (coord.) e Maria Teresa Wendhausen

    *Todos os Núcleos tem um valor de mensalidade de R$ 60,00

    *Para participação nos Núcleos os interessados deverão entrar em contato com o coordenador.

26
27
28
  • Núcleo de Psicanálise e Cultura  
    20:30 -22:00
    28-03-2019

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    R. Prof. Airton Roberto de Oliveira, 1-71 – Itacorubi, Florianópolis – SC, 88034-050, Brasil

    Incidências da internet na clínica e na cultura contemporânea foi o tema escolhido para nossa pesquisa neste ano de 2019. Para tanto, o eixo principal de trabalho e articulação das discussões será o autismo do gozo e adição à internet.

    Não é novidade que a internet tem tido uma presença marcante em todas as dimensões de nossas vidas. Nosso modo de acesso ao saber, que sempre teve que passar pelo Outro da tradição, geralmente encarnado nos pais ou nos adultos, se encontra agora ao acesso de um clique. Como disse Jacques-Alain Miller no texto “em direção à adolescência” ao falar do mundo virtual “o saber está no bolso, não é mais um objeto do Outro”. Há assim, uma auto-erótica do saber que transforma radicalmente a relação com o Outro.

    São inumeráveis as incidências clínicas relacionadas à internet. Afinal, elas decorrem da profunda mutação que essa ferramenta tecnológica têm produzido na subjetividade de nossa época. Nosso intuito será o de pensar a questão de gozo e adição a partir das questões culturais e, sobretudo, clínicas em relação aos modos de se relacionar com jogos, aplicativos, sites de relacionamento e etc e seus efeitos sintomáticos.


    Núcleo de Psicanálise e Cultura  

    Início: 14/3/2019

    Dias e horários: segundas e quartas 5ªfeiras do mês, às 20h30

    Coordenação: Adriano Aguiar, Juliana Rego Silva (coord.), Louise Lhullier e Sandra da Silveira

    *Todos os Núcleos tem um valor de mensalidade de R$ 60,00

    *Para participação nos Núcleos os interessados deverão entrar em contato com o coordenador.

29
30
31
abril
abril
abril
abril
abril
abril