Fale Conosco: (31) 3292-5776

Quem somos

A Escola Brasileira de Psicanálise – Seção Minas Gerais compõe, juntamente com as demais Seções e Delegações brasileiras, a Escola Brasileira de Psicanálise, fundada em 1995, filiada à Associação Mundial de Psicanálise (AMP), fazendo parte da rede da Fundação do Campo Freudiano. A Seção Minas foi considerada de Instituição de Utilidade Pública.

A Escola tem por objetivo manter vivos o ensino e a prática da psicanálise, enfatizando a formação permanente de seus membros. Ela busca favorecer o discurso analítico e o avanço da psicanálise freudiana segundo a orientação de Jacques Lacan, abrindo-se ao debate sobre os impasses de seu tempo.

Dentre as atividades abertas ao público estão Seminários oferecidos por membros da Seção em Belo Horizonte, Arcos, Montes Claros, Uberlândia, além do Seminário de Orientação Lacaniana, o Seminário sobre o Ensino do Passe, o Seminário sobre a Supervisão e os efeitos de formação. Desde 2017 iniciamos uma parceria com o Palácio das Artes – Mostra Permanente de Cinema e Psicanálise, onde a cada primeira sexta de cada mês, após a exibição de um filme, um psicanalista membro da Escola conversa com o público presente.

A EBP- Seção Minas ampliou em 2018 o espaço em sua sede para instalação e leitura de seus livros, onde funciona a Biblioteca Aílson Braz Sena, aberta para consulta a todos os interessados. Promovemos, através da Biblioteca, várias atividades que privilegiam a conexão da Psicanálise aos campos da cultura, da ciência e das artes, ocorrendo também em outros espaços da cidade. Desde 2018, realizamos uma parceria nomeada “Lacan  na Academia Mineira de Letras – Conversando sobre literatura e Psicanálise” quando, em uma quarta-feira do mês, um psicanalista membro da Escola e outro convidado do campo das diversas artes comentam um autor, uma obra, um acontecimento literário abrindo uma franca conversa com o público da cidade.

Contamos com a variedade pulsante dos pequenos grupos de trabalho denominados cartéis. A EBP- Seção Minas promove, anualmente, uma Jornada de Cartéis para que o produto do trabalho em cartéis se enriqueça num debate aberto à comunidade, dando o testemunho da sua elaboração provocada. Além disso, a Diretoria de Cartéis e Intercâmbio da Seção Minas, atenta ao que acontece em sua época, participa uma vez por semestre do debate sobre questões da sociedade através de conversações desencadeadas pela ação lacaniana.

Sustentamos, com entusiasmo e transferência de trabalho para com a causa analítica, a realização de uma Jornada anual, evento que nos insere de modo marcante na cidade de Belo Horizonte, quando agrega o encontro vivo da comunidade analítica que se instala na vasta geografia da nossa Minas Gerais e mais ainda. Nestas Jornadas tem lugar a investigação sobre temas conectados à atualidade do sintoma de nossa época, que concernem ao cotidiano da experiência analítica em sua inserção no campo das políticas publicas dirigidas à saúde mental, às escolas, hospitais, universidades, tribunais e outros.

Esse trabalho de Escola acontece integrado à orientação lacaniana do campo freudiano, engendrado aos Encontros da Escola Brasileira, aos eventos da FAPOL (Federação Americana de Psicanálise de Orientação Lacaniana) e aos Congressos da Associação Mundial de Psicanálise, dentre outros.

A EBP- Seção Minas edita semestralmente a revista Curinga impressa e a Revista Derivas Analíticas online, além de livros de interesse com o selo da Ediyora EBP.  Sua agenda está  disponível no aplicativo “EBP-MG na palma da mão”, divulgando todas as suas atividades de cada semana em “O Semanário” e pelas redes sociais como Facebook, Instagram, WhatsApp e Veredas. Divide junto com o Instituto de Psicanálise e Saúde Mental o conteúdo do portal “Minas com Lacan” e colabora, diuturnamente, com as publicações nacionais da EBP: Correio Express online, Correio e Opção Lacaniana.